Rotas de Inspeção na manutenção preditiva

As rotas de inspeção integram um conjunto de ações essenciais para qualquer programa de manutenção preditiva na indústria. As rotas de inspeção oferecem uma maneira sistemática de inspecionar ativos regularmente para identificar e corrigir problemas potenciais antes que causem falhas.

Quais são os tipos?

Existem existem vários tipos de rotas, cada uma com seu próprio objetivo específico. Os tipos mais comuns incluem:

  • Rotas de inspeção geral: são projetadas para fornecer uma visão geral da condição de um ativo. Eles cobrem uma ampla gama de itens, como condição física, níveis de fluido e operação;
  • Rotas de inspeção focada: são projetadas para focar em um componente ou sistema específico. Eles são usados ​​para ativos que exigem atenção especial, como equipamentos críticos ou sistemas de segurança;
  • Rotas de inspeção de condição: são projetadas para monitorar a condição de um ativo ao longo do tempo. Eles usam técnicas de monitoramento de condição, como análise de vibração ou termografia, para identificar problemas potenciais antes que causem falhas.

Como criar as rotas?

Ao criar rotas, é importante considerar os seguintes fatores:

  • O tipo de ativo: O tipo de ativo determinará quais itens precisam ser inspecionados e com que frequência;
  • A criticidade do ativo: A criticidade do ativo determinará a frequência com que a rota precisa ser realizada;
  • Os recursos disponíveis: Os recursos disponíveis determinarão o nível de detalhamento da rota de inspeção.

Como executar as rotas de inspeção

Ao executar, é importante seguir estas etapas:

  • Siga as instruções: Isso garantirá que todos os itens sejam inspecionados e que os dados sejam coletados de forma consistente.
  • Registre os resultados: Isso ajudará a rastrear a condição do ativo ao longo do tempo e identificar tendências.
  • Tome medidas corretivas: Se forem encontrados problemas, é importante tomar medidas corretivas para resolvê-los.

Os benefícios para indústria

As rotas de inspeção oferecem uma série de benefícios para as indústrias, incluindo:

  • Melhor confiabilidade do ativo: Podem ajudar a identificar e corrigir problemas potenciais antes que causem falhas. Isso pode ajudar a melhorar a confiabilidade geral do ativo;
  • Redução de custos: Podem ajudar a reduzir custos ao prevenir falhas dispendiosas;
  • Maior segurança: Podem ajudar a melhorar a segurança ao identificar perigos potenciais;
  • Melhor tomada de decisão: Podem fornecer dados valiosos que podem ser usados ​​para tomar melhores decisões sobre manutenção e reparo.

As rotas de inspeção são uma ferramenta essencial para qualquer programa de manutenção preditiva. Ao criar e executar rotas de forma eficaz, as organizações podem melhorar a confiabilidade dos ativos, reduzir custos e melhorar a segurança.

Quem deve criar as rotas de inspeção?

As rotas de inspeção devem ser criadas por pessoal qualificado com experiência em manutenção e inspeção de ativos. Isso pode incluir engenheiros de manutenção, técnicos e especialistas em confiabilidade.

Qual é a frequência ideal para realizar as rotas?

A frequência ideal para realizar as rotas de inspeção depende de vários fatores, como o tipo de ativo, a criticidade do ativo e os recursos disponíveis. Em geral, as rotas de inspeção devem ser realizadas com frequência suficiente para identificar e corrigir problemas potenciais antes que causem falhas.

Que tipo de treinamento é necessário?

Os inspetores que executam as rotas de inspeção devem ser treinados nos seguintes tópicos:

  • Procedimentos de inspeção: Os inspetores devem ser treinados nos procedimentos específicos para cada rota de inspeção.
  • Técnicas de inspeção: Os inspetores devem ser treinados em técnicas de inspeção, como visualização, audição e toque.
  • Registro de dados: Os inspetores devem ser treinados em como registrar os resultados da inspeção de forma precisa e completa.

Quais ferramentas e equipamentos são necessários?

As ferramentas e equipamentos necessários variam de acordo com o tipo de ativo e a rota de inspeção específica. No entanto, algumas ferramentas e equipamentos comuns incluem:

  • Checklists de inspeção: As checklists de inspeção fornecem uma lista de itens que precisam ser inspecionados e os critérios de aceitação.
  • Calibradores: Os calibradores são usados ​​para garantir que os instrumentos de medição estejam precisos.
  • Equipamentos de proteção individual (EPIs): Os EPIs são usados ​​para proteger os inspetores de perigos potenciais.

Como garantir que as rotas de inspeção sejam eficazes?

Para garantir que as rotas de inspeção sejam eficazes, é importante:

  • Realizar as rotas de inspeção com frequência suficiente: As rotas devem ser realizadas com frequência suficiente para identificar e corrigir problemas potenciais antes que causem falhas.
  • Utilizar pessoal qualificado: As rotas de inspeção devem ser realizadas por pessoal qualificado com experiência em manutenção e inspeção de ativos.
  • Utilizar ferramentas e equipamentos adequados: As ferramentas e equipamentos utilizados para realizar as rotas de inspeção devem ser adequados para o tipo de ativo e a rota de inspeção específica.
  • Monitorar e analisar os resultados da inspeção: Os resultados da inspeção devem ser monitorados e analisados ​​para identificar tendências e tomar medidas corretivas.

Como podem ajudar a melhorar a confiabilidade dos ativos?

As rotas de inspeção podem ajudar a melhorar a confiabilidade dos ativos ao:

  • Identificando e corrigindo problemas potenciais antes que causem falhas: Isso pode ajudar a reduzir o tempo de inatividade e aumentar a vida útil do ativo;
  • Melhorando a qualidade da manutenção: Podem ajudar a garantir que a manutenção seja realizada de forma eficaz e eficiente;
  • Fornecendo dados valiosos para tomar decisões: Os dados coletados durante as rotas podem ser usados ​​para tomar melhores decisões sobre manutenção e reparo.

Qual é o resultado na redução de custos?

As rotas de inspeção podem ajudar a reduzir custos ao:

  • Prevenir falhas dispendiosas: Podem ajudar a identificar e corrigir problemas potenciais antes que causem falhas dispendiosas.
  • Reduzir o tempo de inatividade: Podem ajudar a reduzir o tempo de inatividade ao identificar e corrigir problemas rapidamente.
  • Melhorar a eficiência da manutenção: Podem ajudar a garantir que a manutenção seja realizada de forma eficaz e eficiente.

Como a segurança pode ser melhorada?

As rotas de inspeção podem ajudar a melhorar a segurança ao:

  • Identificar perigos potenciais: As rotas podem ajudar a identificar perigos potenciais antes que causem acidentes.
  • Eliminar ou mitigar perigos: As podem ajudar a eliminar ou mitigar perigos, tornando o local de trabalho mais seguro.

Conheça o Pacifco um coletor de dados de vibração portátil e sem fios com inteligência artificial para realizar rotas de inspeção com mais qualidade, rapidez e assertividade nos diagnósticos.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais.

Assine nossa newsletter para receber conteúdos de manutenção.
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags