O-que-é-RMS-em-análise-de-vibração

O valor RMS, ou Raiz Média Quadrática, é uma medida prática da energia da vibração presente em um equipamento. Apesar de sua utilidade na detecção de deterioração das condições do equipamento, o valor RMS apresenta uma sensibilidade limitada nos estágios iniciais de danos aos elementos mecânicos. Isso ocorre porque a energia total do sinal vibratório pode permanecer relativamente inalterada durante esses estágios iniciais, mascarando a presença de problemas incipientes.

Em outras palavras, o valor RMS pode ser considerado um indicador geral da saúde do equipamento, mas não é necessariamente o mais sensível para identificar problemas em seus estágios iniciais. Para uma análise mais precisa e precoce de falhas, outras técnicas de análise de vibração podem ser necessárias, como a análise espectral ou a análise de tendências.

O que é RMS em análise de vibração?

RMS, ou Raiz Média Quadrática, é uma medida fundamental na análise de vibração. Ela fornece uma indicação da intensidade global da vibração, levando em consideração a amplitude e a frequência de todos os componentes presentes no sinal vibratório.

Por que usar RMS?

  • Informação mais completa: Ao contrário das medidas de pico ou pico a pico, que apenas fornecem informações sobre os valores máximo e mínimo da vibração, o RMS oferece uma visão mais completa da energia total presente no sinal.
  • Relação com a severidade da falha: O valor RMS se correlaciona diretamente com a severidade da falha em um equipamento. Isso significa que, à medida que a vibração aumenta, o valor RMS também aumenta.
  • Comparabilidade: O RMS é uma medida padronizada que permite comparar facilmente os níveis de vibração entre diferentes máquinas e tipos de falhas.

Como calcular o RMS?

O cálculo do RMS envolve a quadratura de todos os valores de um sinal vibratório e a subsequente extração da raiz quadrada do resultado. Essa operação pode ser realizada manualmente, mas geralmente é feita com a ajuda de softwares de análise de vibração.

Interpretação do valor RMS:

A interpretação do valor RMS depende de diversos fatores, como o tipo de máquina, a velocidade de operação e a localização do sensor. No entanto, de modo geral, valores RMS mais altos indicam níveis de vibração mais severos e, consequentemente, um maior risco de falha.

Aplicações do RMS na análise de vibração:

  • Monitoramento de condição: pode ser usado para monitorar a condição de máquinas rotativas e identificar falhas em seus estágios iniciais.
  • Diagnóstico de falhas: pode ser usado para diagnosticar o tipo de falha que está ocorrendo em uma máquina.
  • Análise de tendências: pode ser usado para acompanhar a evolução da vibração ao longo do tempo e identificar possíveis problemas antes que causem falhas.

Banco de Dados de Vibração

A criação do banco de dados no software dedicado deve ser feita de forma padronizada.
O sucesso da Preditiva por Análise de Vibração está na aplicação do conceito de Monitoramento por Multiparâmetro e oferecer aos técnicos uma metodologia de alta confiança, pois combina várias técnicas de preditiva com várias técnicas de Análise de Vibração, como, Demodulado com no mínimo 2 filtros coletados em WFM e FFT, Velocidade RMS, Velocidade Zoom, Aceleração Pk-Pk real e RMS WFM e FFT, Espetro de Corrente, Demodulado em WFM para baixa rotação, entre outros.

Um sistema Preditivo “POBRE”, utiliza somente dois parâmetros de vibração, “Velocidade” e “Aceleração”, e em muitos casos somente o monitoramento de nível global sem o devido registro dos espectros de vibração, ou seja, acompanham a condição dos equipamentos somente pela tendência.

Essa aplicação é limitada se comparada com o Sistema Multiparâmetro. A construção do banco de dados deve ser feita por um especialista, e neste deve conter todos os equipamentos contemplados pelo plano, pontos e direções de medição, parâmetros específicos para cada tipo de equipamento, alarmes globais, alarmes de bandas, alarmes de porcentagem, cadastro das principais frequências de defeito (rolamento, engrenamento, etc.).

Conclusão:

O RMS é uma ferramenta poderosa para a análise de vibração. Ao compreender o que é e como interpretá-lo, você pode obter informações valiosas sobre a condição de seus equipamentos e tomar medidas para evitar falhas.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais.

Assine nossa newsletter para receber conteúdos de manutenção.
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags