Manutenção Preditiva na Indústria de Mineração

egf engefaz manutencao preditiva mineracao

Alguns fatores podem impactar diretamente o resultado dos negócios das empresas de mineração. Dentre os mais comuns está o tempo de parada não programada que ainda ocorre em muitas fábricas e que, no entanto, é um dos problemas mais simples de resolver. É aqui que entra o monitoramento de condição através de sensores de vibração.

O monitoramento de vibração se tornou essencial para a manutenção preditiva em instalações e equipamentos na Indústria de Mineração. Não é apenas uma ferramenta valiosa para evitar paradas não programadas, mas também essencial para estender a vida operacional da máquina além dos intervalos de manutenção recomendados, evitando falhas catastróficas e exposição indesejada a riscos dos profissionais envolvidos na manutenção.

O monitoramento da vibração, usando sensores de vibração instalados em equipamentos como trituradores, sistemas de bombeamento, peneiras vibratórias, instalações de carregamento e frotas de caminhões, permite que os engenheiros locais e as equipes de manutenção reparem ou substituam componentes antes que as falhas ocorram.

Os benefícios desta solução normalmente são subestimados. Estudos demonstram que o custo total do tempo de parada não programada é estimado em até 15 vezes o de um evento programado, e em alguns casos, minimizar o tempo de inatividade tomando medidas preventivas pode trazer resultados significativos.

A especificação dos equipamentos de monitoramento de vibração para Indústria de Mineração é normalmente mais complexa em outras indústrias. As condições da planta, máquinas com operações sob condições específicas e várias outras variáveis ​​devem ser consideradas no estudo. Por exemplo, os operadores não devem apenas considerar o nível de vibração e a faixa de frequência a ser medida, mas também devem levar em consideração as questões ambientais, como temperatura e umidade. A presença de produtos químicos corrosivos e gases explosivos em minas subterrâneas também devem ser uma das principais preocupações na escolha da solução.

Depois de todo o cuidado com a correta especificação, é hora de planejar também com cuiado a instalação dos sensores de vibração. Se instalados incorretamente, eles podem ser imprecisos e redundantes. Os acelerômetros devem ser localizados o mais próximo possível da fonte de vibração e devem ser montados em uma superfície plana, lisa, sem pintura, maior do que a base do próprio acelerômetro, entre outros fatores. Se o sensor estiver mal montado e instável, provavelmente registrará a instabilidade do próprio sensor e não as vibrações dos componentes rotativos.

Especificar e instalar os sensores de vibração de maneira correta pode ser uma tarefa difícil, dadas as variáveis ​​ambientais específicas para Indústria de Mineração. É por isso que é aconselhável trabalhar com um fornecedor experiente.

A EGF Engefaz, além de possuir mais de 30 anos de experiência neste tipo de projeto, possui uma grande variedade de acelerômetros e transmissores de 4-20 mA específicos para aplicações de Mineração e pode ajudá-lo a obter os melhores resultados.

Para contar com uma ajuda e suporte para detalhar seu projeto, seja na especificação, instalação ou monitoramento, fale com nossa equipe. Estamos à disposição para ajudálo a obter o melhor resultado para seu projeto!

Saiba mais!

Quer saber mais sobre como implementamos nosso programa de Manutenção Preditiva e quais as tecnologias mais recentes? Acesse agora nossa página sobre os serviços relacionados a Manutenção Preditiva

E não deixe de baixar nosso Guia de Bolso de Análise de Vibração contendo as principais falhas encontradas por Análise de Vibrações!

Para conhecer mais sobre nossos produtos acesse nossa Loja Preditiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entre em contato

Preencha o formulário abaixo e nós entraremos em contato. Respondemos todas as mensagens dentro de 24 horas em dias úteis





    × WhatsApp
    X