Acelerometro industrial Shear e Compression qual a diferença

O Acelerômetro industrial Shear e o Compression, estão entre os tipos mais comuns de acelerômetros industriais, são instrumentos cruciais para a manutenção preditiva na indústria.

Os acelerômetros industriais fornecem dados valiosos sobre vibrações em máquinas e equipamentos industriais, a escolha do tipo correto de acelerômetro é fundamental para a coleta precisa de dados e a efetividade da análise de vibrações.

Neste artigo, vamos explorar as diferenças entre os dois tipos mais comuns de acelerômetros industriais: Shear e Compression.

Princípios de operação de um acelerômetro industrial

Acelerômetros medem a aceleração, que é a mudança na velocidade de um objeto em relação ao tempo. Em um acelerômetro industrial, essa medição é realizada através de um sensor piezoelétrico, que converte a força física da vibração em um sinal elétrico. Esse sinal é então amplificado e processado para fornecer informações sobre a frequência, amplitude e outras características da vibração.

O acelerômetro industrial Shear

O acelerômetro industrial Compression

Principais diferenças entre Shear e Compression

A principal diferença entre os acelerômetros Shear e Compression está na direção da vibração que eles medem. Essa diferença impacta em alguns aspectos importantes, como:

  • Sensibilidade: Acelerômetros Shear geralmente possuem maior sensibilidade do que acelerômetros Compression;
  • Faixa de frequência: Acelerômetros Shear geralmente possuem uma faixa de frequência mais ampla do que acelerômetros Compression;
  • Custo: Acelerômetros Shear geralmente são mais caros do que acelerômetros Compression.

Considerações na escolha do tipo de acelerômetro:

A escolha do tipo de acelerômetro ideal para uma aplicação específica depende de diversos fatores, como:

  • Tipo de máquina: Acelerômetros Shear são mais adequados para máquinas rotativas, enquanto acelerômetros Compression são mais adequados para máquinas reciprocantes.
  • Frequência da vibração: A faixa de frequência do acelerômetro deve ser adequada para a frequência da vibração que será medida.
  • Custo: O orçamento disponível para a compra do acelerômetro.

A compreensão das diferenças entre os acelerômetros Shear e Compression, bem como dos fatores que influenciam a escolha do tipo ideal, é fundamental para tomar a decisão correta para sua aplicação específica.

Entre em contato com a Engefaz e consulte para projetos de manutenção preditiva e coleta de dados que vão auxiliar empresas a potencializar seus resultados através da identificação prévia da manutenção industrial.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais.

Assine nossa newsletter para receber conteúdos de manutenção.
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags