O OEE – (Overall Equipment Effectiveness – Eficácia Global do Equipamento) é um indicador global da condição da planta que mede a perda de tempo produtivo em três blocos: Disponibilidade, Desempenho (ritmo de produção) e Qualidade do Produto. Para se chegar ao OEE é preciso calcular os índices de Disponibilidade, Desempenho e Qualidade do setor industrial de interesse.
Assim é levada em consideração a capacidade máxima de produção dos equipamentos, sendo a estratificação de perdas feita dentro da metodologia das 8 ou das 16 grandes perdas, agrupadas nos blocos de Disponibilidade, Desempenho e Qualidade. Através da Torre de Controle, as perdas são classificadas por competência, possibilitando identificar e quantificar as perdas no processo, priorizando por oportunidades de ganho.

Dentre os principais recursos da Torre de Controle/OEE, estão:

• Escala de turno e turma
• Calendário de Feriados
• Cadastro de produtos
• Especificação de taxa de produção por equipamento e por produto
• Grupos de Ocorrência e Ocorrência
• Apontamento de Parada
• Apontamento de Produção
• Ferramenta para identificação, análise e tratamento de perdas e custos.
• Registro das ocorrências de paradas dos equipamentos com identificação das causas, motivos, e responsáveis pelas paradas;
• Análise da Eficicácia Global dos Equipamentos – OEE (Overall Equipment Effectiveness) e Processos, com índices de Disponibilidade, Desempenho e Qualidade;
• Análise do OEE das máquinas com índices de Disponibilidade, Desempenho e Qualidade em Percentual, Horas e Valor ;
• Estratificação dos índices para identificação das maiores perdas, principais motivos e causas das ocorrências;
• Análise da repetibilidade das ocorrências com possibilidade de gerar Análise de Falha para um grupo de ocorrências;
• Comparação do OEE considerando Tempo Programado x Tempo Calendário;
• Distribuição mensal da Eficácia Global;
• Gráfico de Pareto, quantidade em horas, custo da falha, do reparo e custo total da perda;
• Planejamento e Programação de Ações de bloqueio

Relatórios e indicadores:

• Torre de Controle
• Principais Perdas
• Análise de Eficiência por TAG
• Gerencial das Principais Perdas
• Global de Eficácia
• Eficácia em Resultado x Linha
• Perdas por Família de Produtos