Para que serve a é Análise de Óleo?

Importantíssima prática da manutenção preditiva, a Análise de Óleo permite verificar a situação em que se encontra o lubrificante em um determinado equipamento e ainda verificar se há resíduos sólidos contaminantes presentes na mistura. Isso permite identificar falhas em curso que podem comprometer a operação ou prejudicar a performance do equipamento.

A técnica:

A Engefaz realiza análises de óleo físico química, conforme parâmetros: Viscosidade, conforme ASTM D88, Contagem de partículas, conforme ISO 4406/99 e NAS SAE 4059, TAN, conforme ASTM D664, TBN, conforme ASTM 4739 / D2896 (somente nos óleo automotivos), Água por Karl Fisher, Conforme ASTM D377, Ponto de fulgor quando necessário, conforme ASTM D92, Ferrografia Analítica e ou análise Espectrográfica de metais em laboratório para verificação dos tipos de metais e o modo de desgaste e ou Espectrofotometria Abs atômica.

Alguns fatores que fazem parte das atividades de Análise de Óleo:

  • Cronograma de amostragens;
  • Coleta do lubrificante nos pontos de amostragens;
  • Controle do recebimento do laudo;
  • Confecção do cronograma de correção dos sistemas no qual os resultados estiverem fora do padrão, segmentado por área inter-relacionada a criticidade dos equipamentos envolvidos;
  • Serviços de filtragem, utilizando os equipamentos disponibilizados em cada unidade;
  • Procedimentos de coleta;
  • Procedimentos de operação dos equipamentos de filtragem;
  • Treinamento formal dos profissionais envolvidos nesta operação;
  • Manutenção do controle visual do programa - Gestão a Vista;
  • Reparos e melhorias nos sistemas quando necessário.