Avaliação dos resultados da análise de vibração

A avaliação dos resultados da análise de vibração é um passo importante na manutenção preditiva de equipamentos industriais, a interpretação dos dados coletados, possibilita identificar falhas em estágios iniciais, permitindo a tomada de medidas corretivas antes que se tornem problemas mais graves e custosos.

Para todos os pontos de medição dos equipamentos é registrado o nível global de vibração de cada parâmetro, e espectros de vibração seja de Frequência (FFT) ou de Tempo (WFM). Estes níveis globais devem permanecer dentro de faixas admissíveis de estabilidades para cada equipamento.

A partir de uma tendência de evolução desses níveis de vibração, é feita uma análise de frequência para identificação da origem do problema. O gráfico que registra os Níveis Globais dos pontos de medição é chamado de Tendência. A plotagem da Tendência permite ao analista uma rápida comparação da medição atual com as medições anteriores. Além do valor global podemos ter também tendências de bandas específicas, tendência de porcentagem, temperatura e outros parâmetros de processo coletado.

avaliação dos resultados da análise de vibração

 

Critério de Avaliação dos resultados da análise de vibração

Os critérios de avaliação das condições de um equipamento estão baseados em normas internacionais como a ISO 2372, ISO 10816, VDI2056, VDI2059 (turbinas) API 610, entre outras. Aqui abordaremos as normas ISO 2372 e a ISO 10816-3, as mais comuns utilizadas. Também apresentaremos critérios de avaliações da Engefaz construída através de mais de 30 anos de experiência em diagnostico de máquina. Sempre ressaltamos que cada equipamento tem sua particularidade e que os Alarmes devem ser ajustados ao longo do seu histórico, levando em consideração sua média e desvio padrão.

 

Norma ISO 2372 de 1974

O critério da avaliação de máquina rotativa em Velocidade RMS. A tabela a seguir, que especificam limites que dependem somente da potência da máquina e do tipo de fundação (base). Indicações confiáveis das condições de uma máquina é baseada na alteração das medições relativas, isto é, a especificação de um espectro de referência ou a evolução dos níveis vibrações.

tabela-norma-Norma-ISO-2372-de-1974

A/B – Equipamentos em condições de operar por um longo período
C – Equipamento em condição de operar por um período limitado, até que uma intervenção seja factível
D – Equipamento operando em condições perigosas e sujeito a danos, programar intervenção

 

Norma ISO 10816-3

Avaliação de vibração em máquinas industriais com potência acima de 15 KW e rotação entre 120 RPM e 15000 RPM, conforme classificação abaixo:

Avaliação dos resultados da análise de vibração - tabela-Norma-ISO-10816-3

manutenção-de-vibração-engefaz---avaliação-da-vibração

 

Tabelas de Alarmes Bandas Engefaz

A tabela aqui apresentada tem como base na Norma ISO10816-3 – velocidade mm/s RMS.

Tabelas-de-Alarmes-Bandas-Engefaz

 

 

Tabela de Alarmes Engefaz – Aceleração e Demodulado

A tabela apresentada é baseada nos mais de 30 anos de experiência da Engefaz em diagnostico de máquinas. Os valores são para Aceleração e Demodulado (Pk-Pk e RMS).

Tabela-de-Alarmes-Padrão-Engefaz

* A tabela apresentada é apenas uma sugestão e a Engefaz não se responsabiliza pela sua aplicação por terceiros.

Compartilhe esse conteúdo em suas redes sociais.

Assine nossa newsletter para receber conteúdos de manutenção.
Notícias Relacionadas
Categorias
Tags